Buscar
  • Iara Luz

O segredo dos grandes líderes

Estamos atravessando a maior crise do século e cada dia é um novo desafio. Os olhares da sociedade estão voltados para os líderes -- seja de países, de empresas ou de entidades. É por isso que é indispensável que nós, líderes, saibamos trabalhar com a inteligência emocional e principalmente com a empatia.


Quando pensamos em empatia, logo nos vem à cabeça “colocar-se no lugar do outro”, tentar compreender como seria se você estivesse naquela mesma situação. A empatia consiste na habilidade de perceber o outro, muitas vezes sem que ele precise dizer algo referente à situação emocional. É o ato de abranger a forma de sentir e as demais emoções da outra pessoa.


Um líder empático que demonstre um interesse ativo diante das preocupações dos colaboradores, será capaz de comunicar de maneira efetiva o que a sua equipe precisa fazer. Esse comportamento genuíno irá despertar neles o desejo de trabalhar, tratando os objetivos como se fossem seus. Não preciso nem comentar que nos dias de hoje, um líder que não se comunica e age quase como um “ditador” não possui mais espaço no mercado de trabalho e em nenhum outro lugar.


Mas como desenvolver a liderança empática?

Um profissional que deseja se tornar um líder empático deve ser capaz de se colocar no lugar dos outros. Só que você precisa se lembrar que a empatia não consiste simplesmente em entender em um nível racional o que o outro está pensando: alguém que queira desenvolver suas habilidades de liderança empática terá que entender como uma ação irá afetar cada um dos membros de sua equipe. Para muito profissionais, essa capacidade de praticar a empatia “não vem de fábrica”, é por isso que o investimento em autoconhecimento e sessões de coaching se tornaram fundamentais nos dias de hoje.


Mostre-se aos seus funcionários

O silêncio é o maior inimigo de tempos incertos. Os funcionários buscam clareza em tudo o que está acontecendo no ambiente empresarial. Sua equipe está trabalhando sozinha e suscetível a ansiedade e medo. Por isso, mande mensagens diárias aos seus funcionários, participe de videoconferências e faça questão de estar próximo aos desafios do dia a dia.


Valorize todos os seus funcionários

É importante que todos os seus funcionários continuem se sentindo uma comunidade, mesmo que no momento estejam separados pelo trabalho remoto.

Todos os empregados devem se sentir parte da equipe: valorize tanto quem traz resultados quanto quem apoia esses performadores. Acompanhe o trabalho de todos, mas também ofereça momentos divertidos! Organize happy hours virtuais e momentos de descontração.

Serenidade

O líder empático deve ser capaz de manter a calma em situações complicadas ou estressantes. Para conseguir liderar sua equipe de maneira eficaz, deve se tornar um exemplo para eles. Por isso, se deixar que seus impulsos o dominem, logo perderá o respeito de seus funcionários. Tenha muita atenção nesse ponto.


Seja humano

Não devemos esquecer que nós líderes não somos uma conta exata, somos humanos. Ouça, compreenda, negocie, ache soluções ganha-ganha exercendo a real liderança empática.


Gestor, reforço a mensagem que você precisa cuidar de cada um de seus colaboradores pois eles continuarão sendo valiosos quando esse momento difícil passar. Pense que todas essas vidas serão gratas por todo apoio prestado nessa fase. É o momento de criar uma sinergia ótima com sua equipe, além de exercer um papel importante na vida dos colaboradores e na economia do nosso país.


0 visualização0 comentário

© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com