Buscar
  • Iara Luz

O segredo da retomada nas corporações


Em um cenário crítico como da pandemia do coronavírus, as pessoas podem ser tomadas por sensações como angústia, ansiedade e principalmente medo. E não é para menos. O medo aparece sempre que uma situação coloca nossas vidas ou a espécie humana em risco. Por isso, estamos vivendo tempos desafiadores: como manter o equilíbrio emocional nesse momento de incertezas?


A primeira coisa que precisamos nos lembrar é que a função do medo é nos preparar para agir quando algo ameaça a nossa sobrevivência, como quando somos assaltados ou nos deparamos com um animal feroz. Ele nos faz ter estratégias para que possamos sair vivos de situações como essas. Geralmente o medo provoca uma resposta automática, um reflexo que costuma ser muito rápido para que a gente se proteja e não sofra consequências negativas.


As pessoas têm medo do que pode acontecer daqui pra frente, medo de perder o emprego ou que alguma pessoa querida adoeça. É claro que ninguém gosta de ser afastado da sua rotina, dos seus hábitos, de forma abrupta. A realidade exige que nós passemos muito tempo em casa e a maioria de nossas atividades sociais regulares não estarão mais acessíveis. Por outro lado, mesmo que não tenha sido uma escolha, enxergar a quarentena como um período diferente em nossas vidas, irá facilitar a passagem dessa fase. Quando aceitamos a vida como ela é, se torna muito menos doloroso aguentarmos esses momentos desafiadores.


Esse período também é de aprendizado

Quando foi a última vez que você teve tempo para perceber o que é importante na sua vida? Aproveite para rever os seus comportamentos, crenças, analisar os seus planos e refletir sobre o que você realmente quer para a sua vida.


O desenvolvimento do potencial de aprendizagem é possível de ser realizado em um espaço limitado, como em um período de quarentena. A possibilidade de passar mais tempo consigo mesmo, para refletir e buscar novas estratégias para a autorrealização pessoal, encontrando novos hobbies ou atividades que lhe tragam satisfação, é uma forma saudável de lidar com este período em casa.


A oportunidade de estar mais junto dos filhos e demais familiares, podendo ter mais tempo para escutar e compreender as suas emoções, poderá trazer descobertas das características positivas das pessoas ao redor e de que a criatividade existe em todos nós.


Inteligência Emocional nunca foi tão importante

Entender e identificar nossas emoções é extremamente importante para enfrentar situações desafiadoras. Portanto, inteligência emocional é saber compreender suas emoções, gerir e lidar com elas em busca de evolução e de um bom resultado.


Treinar a atenção, a importância do aqui e agora

Quando o medo e a ansiedade aparecem, a mente se torna refém do seu ruído e começa a antecipar o futuro, só que essas previsões da nossa cabeça nunca são boas. Por isso, devemos aprender a treinar a atenção, focando-a no momento presente. A única coisa que importa é o aqui e o agora, viver o momento, focar no bem-estar e no presente. Aproveite o momento para se cuidar e equilibrar o medo através de algumas atividades:


• Pratique atividades físicas como yoga, meditação, dança, entre outros, pois ajudam a aliviar o estresse;

• Reforce a sua imunidade se alimentando bem todos os dias, com frutas, sementes, verduras e legumes;

• Tenha uma boa noite de sono, dormindo pelo menos oito horas por dia e evite usar celular e computador no período antes de dormir, preparando a sua mente para o descanso;

• Use a tecnologia ao seu favor! Faça chamadas de vídeo ou telefone com os seus amigos e familiares, matando a saudade e reforçando seu círculo de apoio.


A gestão das relações em tempos de pandemia implica cuidar dos nossos laços sociais, estejam eles próximos ou distantes. Temos que ajudar quem está perto e nos preocupar com quem está longe neste momento. As emoções devem agir como nutrientes que façam o ânimo melhorar.


Lembrando que tudo isso é passageiro e o modo como você está lidando com isso é o que vai ficar de aprendizado. Tudo o que estamos vivendo é mais um desafio, que de forma resiliente e empática, vamos com certeza superar!


0 visualização0 comentário

© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com